Domingo II do Advento - Prepara!

Presépio lugar de encontro para todos!

A caminhada diocesana, que nos guiará do início do Advento à Festa do Batismo do Senhor, tem como símbolo o tradicional Presépio, que se apresenta como um lugar convidativo, de entrada livre para todos. O tradicional Presépio é assim o ponto de encontro para todos, um lugar de encontro entre todos e por todos os meios possíveis. Por isso, propomos que se faça um Presépio familiar, em casa, na pequenina Igreja, à semelhança do Presépio comunitário, que construiremos na Igreja, logo na primeira semana do Advento. Mas porque o Presépio e a árvore de Natal comovem o coração de todos, até mesmo daqueles que não creem, propomos que se faça um Presépio em lugar público, convocando e envolvendo as forças vivas locais, para a sua construção e dinamização. Esta ideia de propor também um Presépio numa rua, numa encruzilhada, numa praça, permitir-nos-á, segundo o nosso Plano Diocesano de Pastoral, “criar comunidades missionárias que não passem a vida a repetir indefinidamente o que sempre se fez, mas a «fazer» evangelicamente o que há que fazer neste nosso tempo. E, hoje, temos de ser uma Igreja «fora de portas», uma «Igreja na rua». Particularmente as Paróquias” (Dom Manuel Linda, Plano Diocesano de Pastoral 2018/2019, n.º 5).

Queremos dar à celebração do Natal deste ano, à sua preparação e vivência, esta perspetiva ampla do “encontro”, porque o Natal é, por excelência, a festa do encontro com Jesus, que inspira, mobiliza e motiva tantos outros encontros pessoais, familiares, eclesiais, sociais e culturais.

Oração da Coroa de Advento

Senhor, Tu vens ao nosso encontro
e nós acendemos esta segunda vela.
Não Te procuramos na aparência,
entre as luzes intermitentes das ruas e praças.
Que os olhos do nosso coração
não se contentem com pequenas luzes
que iluminam por breves instantes,
mas são incapazes de desvendar o caminho.
Dá-nos, Senhor, a luz da sabedoria,
para distinguirmos a Tua Luz

de outras luzes artificiais e enganadoras.
Faz-nos ver a Tua Luz, no meio da noite,
para Te encontrarmos a Ti
e nos encontrarmos a todos em Ti.
Que a Tua Luz, que vem ao nosso encontro,
nos faça alcançar um novo horizonte de esperança,
e encontrar em Ti um rumo decisivo para a Vida!

Ámen.

Do Evangelho de São Lucas (Lc 3, 4):

«…como está escrito no livro dos oráculos do profeta Isaías: voz do que brada no deserto: Preparai o caminho do Senhor, e endireitai as Suas veredas».

ESTA SEMANA

Quarta, dia 12, 21.30h – secretariado paroquial de catequese

Próximo fim de semana é dia paroquial da catequese

Dia 16, às 15.30h – festa de entrega da Palavra (4.º ano de catequese)

MISSA DO GALO

Missa do Galo

Na noite da consoada de Natal, às 24 horas, haverá a tradicional Missa do Galo. Vamos retomar esta celebração, que há muitos anos não era realizada na nossa paróquia.

Vamos juntar os elementos dos coros que podem estar presentes. Será uma noite de alegria!

Pedimos que divulguem por toda a comunidade cristã e sensibilizem as famílias para esta missa tão bela e significativa.

​EXPOSIÇÃO MISSIONÁRIA

Pelos Caminhos do Mundo

missionario

No contexto do Ano Missionário Nacional, a zona sul da diocese do Porto recebe a Exposição missionária preparada pelos Institutos Missionários Ad Gentes. Estará entre nós na Torre da Oliva, em S. João da Madeira, de 3 a 16 de dezembro. Será inaugurada pelo bispo D. António Augusto Azevedo, e estão convidados todas as autarquias desde Espinho a Vale de Cambra.

Para além do que se expõe, teremos noites temáticas conforme o panfleto de divulgação que ainda pode recolhido na nossa igreja. Vai ser uma experiência interessante e enriquecedora, porque será uma experiência de encontro. E cá, na nossa terra!

Gostaríamos que todos passassem por lá – era importante dar a este Advento este sentido missionário.

Assistência espiritual nos hospitais​

A doença e o sofrimento afetam a pessoa humano no seu todo: físico, sócio familiar, psíquico e religioso. A doença e o sofrimento obrigam-nos a redefinir o sentido que damos à vida e que não encontra resposta cabal só num diagnóstico médico ou numa terapia clínica. Aqui entra a necessidade do Serviço de Assistência Espiritual e Religiosa, conhecido comummente como ‘Capelania Hospitalar’. Todos os doentes têm direito à Assistência Espiritual e Religiosa quando são internados num hospital.

O Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga criou há três anos o Serviço de Assistência Espiritual e Religiosa para prover a todos os internados no hospital a possibilidade de viver a sua fé e ritos religiosas nos momentos de doença e sofrimento. O pedido de assistência deverá ser de cada um, preferencialmente, no momento de admissão ou em nome deste pelo familiar responsável. Caso não o tenho feito no momento de internamento poderá fazê-lo a qualquer momento, pedindo a visita do capelão ao enfermeiro de serviço a qualquer momento.

O Serviço de Assistência Espiritual e Religiosa do Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (Hospital São Sebastião, Hospital de São João da Madeira e São Miguel de Oliveira de Azeméis) aguarda o vosso pedido de assistência sempre que tiverem a necessidade de ser internados num destes hospitais.

VIGÍLIA DA IMACULADA

Como nos anos anteriores, a diocese do Porto realiza uma vigília da imaculada. Porque a Sé Catedral está em obras, a vigília será na Igreja dos Grilos (junto à Sé, às 21.30h).

CONFISSÕES DE ADVENTO

Na manhã da primeira sexta do mês

Dia 14, às 15h e às 21h

De terça a sexta, das 18h às 19h

OBLATA​

O último trimestre do ano é a altura dos paroquianos fazerem a sua oblata. Uma justa participação de todos ajudará a toda a comunidade. O contributo de todas as famílias é essencial para a estabilidade económica da paróquia.

​PRINCIPAIS FESTAS DE CATEQUESE

1.ª Comunhão – 16 e 20 de Junho 2019

Profissão de fé – 9 de Junho 2019

MISSAS NA QUADRA DO NATAL

24 de dezembto

17h – Matriz

24h - (missa do galo) - Matriz

25 de dezembro

Matriz – 10h, 11.30h

10h – Santo António

10.30h – Senhora dos milagres

11.15h – Casaldelo

17h – Sra. Fátima do Parrinho

Pedimos que divulguem por toda a comunidade cristã a existência da Missa do Galo e sensibilizem as famílias para esta missa tão bela e significativa.