XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM

Maria, Mãe da Igreja,
ajudai-nos a dizer o nosso «sim»
perante a urgência,
mais imperiosa do que nunca,
de fazer ressoar a todos
a Boa Nova de Jesus.
Maria, primeira discípula,
dai-nos a graça de nos tornarmos
discípulos missionários do Vosso Filho,
com um novo ardor e nova audácia,
para testemunhar a todos
o Evangelho da alegria
e a alegria do Evangelho.
Maria, Mãe da Igreja,
dai-nos a santa ousadia
de buscar novos caminhos

para que chegue a todos
o dom da beleza da fé,
da esperança e do amor.
Estrela da nova evangelização,
ajudai-nos a refulgir
com o testemunho da comunhão,
do serviço, da fé ardente e generosa,
da justiça e do amor aos pobres,
para que a alegria do Evangelho
chegue até aos confins da terra
e nenhuma periferia
fique privada da sua luz.
Mãe do Evangelho vivo,
manancial de alegria
para os pequeninos,
rogai por nós.

OUTUBRO MISSIONÁRIO

Outubro é, para os cristãos, o mês missionário. Pensamos imediatamente nas missões Ad Gentes. Mas será que só "lá fora" é que é terra de missão?

O mês inicia com a memória de uma grande santa, padroeira das missões, Teresa de Lisieux ou Teresa do Menino Jesus. Curioso é que esta carmelita descalça francesa nunca saiu do seu Carmelo na Normandia.

«O amor ao próximo, está todo na terra, ama-se Deus na medida em que o praticamos», escreveu ela, algumas semanas antes de morrer.

Eis o desafio para todos os cristãos neste mês missionário: ser missionários nos ambientes que frequentamos. Além da oração pelos missionários e por novos missionários consagrados, a intenção é chamar a nossa atenção para o renovar do empenho em chegar a todos os que vivem nas periferias geográficas e existenciais do nosso tempo e das nossas comunidades.

O mistério da predileção de Jesus pelos pobres e a sua centralidade no dinamismo do Reino dos Céus, sugerem que cada Igreja particular, cada paróquia, partilhe a vida dos pobres, ao ponto de usar o dinheiro para uma solidariedade eficaz e respeitosa da sua dignidade, evitando o favorecimento de dependências económicas.

«No campo imenso da atividade missionária da Igreja, cada batizado é chamado a viver o melhor possível o seu compromisso, segundo a sua situação pessoal», escreveu o Papa Francisco na mensagem para a Jornada Missionária Mundial a celebrar no próximo dia 18.

FIÉIS DEFUNTOS - CELEBRAÇÃO NOS CEMITÉRIOS

No dia 1 de Novembro, dia de todos os santos, a comunidade cristã, por razões laborais, antecipa a comemoração dos fiéis defuntos, reunindo-se nos cemitérios para rezar. Este ano, vamos ter um ajustamento de horários, que pede a nossa ampla e antecipada divulgação. Assim, dia 1 de novembro teremos:

às 10.30h, celebração no cemitério 3, com eucaristia campal;

às 15h, celebração da Eucaristia na Igreja, seguida de visita aos cemitérios 1 e 2.

​A MISSÃO NO CENTRO DA IGREJA

Este domingo, dia 14, a vigararia de Arouca/Vale de Cambra encerra uma semana missionária. Na tarde deste domingo, às 16h, o nosso Bispo D. Manuel Linda preside ao seu encerramento e desta forma abre as iniciativas vicariais para dar corpo ao Ano Missionário proposto pela Conferência Episcopal Portuguesa.

No próximo domingo, dia 21, celebra-se o dia mundial das Missões. Nas eucaristias, o peditório destina-se à obra das missões. Por isso, para não haver colisões, o peditório habitual da Caridade será apenas no domingo, dia 28. Pedimos que todos sejam generosos a ajudar a obra das missões. No próximo sábado, dia 20, o nosso grupo missionário promove na Igreja a Vigília Missionária.

​PRINCIPAIS FESTAS DE CATEQUESE

1.ª Comunhão – 16 e 20 de Junho 2019

Profissão de fé – 9 de Junho 2019

ESTA SEMANA

Dia 15, às 21.30h, último encontro com os pais das crianças do 1.º catecismo.

Sábado, dia 20, de tarde, os adolescentes e os jovens reúnem-se para uma tarde missionária animada pelos JIM dos missionários combonianos.

Sábado, dia 20, às 18h, na Igreja, Vigília Missionária.